Curiosidades

10 lugares fantásticos da Índia

A Índia pode ser o sonho e o pesadelo de qualquer viajante. O país é sujo, caótico e lotado, mas também guarda tesouros milenares, paisagens únicas e uma cultura fantástica. Fazer turismo na Índia é um desafio, mas certamente agrada quem gosta de viajar e de conhecer lugares e pessoas diferentes.

Agra e a pérola da Índia

Localizado em Agra, cidade que fica no norte da Índia, o Taj Mahal é o maior símbolo do país. Recentemente foi declarado uma das maravilhas do mundo moderno. É claro que uma viagem para o país não pode deixar o Taj de fora, afinal a gente garante: esse é um cartão-postal que tem fama realmente merecida.

Jaipur – A Índia que você viu na TV

Com cerca de 3 milhões de habitantes, Jaipur tem tudo de melhor que a Índia pode oferecer. E o que há de pior também: Jaipur é caótica, confusa, suja e lotada, mas também guarda fortes de marajás e encantadores de serpentes. É a Índia que você viu na TV. 

Jaisalmer e seu deserto

Jaisalmer é um dos principais destinos turísticos do Rajastão. A cidade fica no deserto do Thar, que durante anos foi rota de comerciantes transportando mercadorias em camelos. Mais tarde, o mesmo deserto foi usado para testes nucleares. Hoje é por ali que acontecem os famosos safári de camelo, com direito a passar uma (ou várias) noites no deserto.

Khajuraho e os templos eróticos

Khajuraho é uma pequena cidade indiana famosa internacionalmente por ser casa de templos religiosos com estatuas eróticas, os Kama Sutra Temples. Com ótima infraestrutura turística e no caminho para Varanasi, é uma parada diferente para quem vai ficar mais tempo na Índia.

Varanasi, a cidade mais incrível da Índia

Consagrada a Shiva, principal deus Hindu, a cidade de Varanasi representa a destruição de tudo o que existe e a perspectiva de um novo começo. É ali que a maior parte dos indianos deseja morrer: às margens do rio Ganges. Se existe uma parada realmente indispensável na Índia e um lugar capaz de mudar sua vida durante uma viagem, então esse lugar é Varanasi. 

Rishikesh, um lugar acolhedor

Rishikesh é uma pequena vila às margens do rio Ganges. O detalhe é que, ao contrário de Varanasi, em Rishikesh o Ganges é limpo. A cidade também é conhecida como capital mundial do ioga e por ter recebido os Beatles durante alguns meses, na década de 1960. Quer mais? Saiba que em Rishikesh é possível não só nadar no  Ganges, mas até fazer rafting nele! 

McLeod Ganj, O Tibet refugiado na Índia

McLeod Ganj é uma vila no meio do Himalaia indiano. A cidade ganhou fama mundial por ser moradia do Dalai Lama e do governo em exílio do Tibet, que estão refugiados lá desde que a China invadiu o país. É um lugar de acesso difícil, mas certamente extraordinário. 

Manali: na Índia também neva

Manali é outra vila que fica no Himalaia indiano. Está na rota turística por causa da estação de esqui que fica perto da cidade. Sim, a Índia não é apenas um país quente, cheio de vacas e elefantes – lá até neva, e muito, como prova a foto abaixo. 

Goa, a Índia que foi Portugal

Se em Manali neva, em Goa o viajante pega praia. Goa é um pedaço da Índia onde as ruas têm nomes em português e as famílias sobrenomes como Mascarenhas e Souza. É que a cidade fazia parte de Portugal há poucas décadas, até que a Índia conquistou sua independência.

Amritsar e o Templo Dourado

A cidade de Amritsar fica praticamente na fronteira com o Paquistão. Ela é famosa por guardar um dos maiores tesouros da Índia: o Golden Temple, lugar sagrado para os sikhs, religião comum no norte da Índia. O Golden Temple é tão bonito e exótico quanto o Taj Mahal, embora não seja tão famoso entre ocidentais.

Fonte: https://www.360meridianos.com/dica/10-lugares-fantasticos-india