Curiosidades

Cultura e tradições espanholas: conheça os costumes mais famosos

Com uma cultura riquíssima, boa gastronomia e lindos lugares para se visitar, a Espanha é um país bastante procurado por brasileiros para turismo e para fixar residência. Aliás, normalmente aparece como destino em uma primeira viagem à Europa. Isso acontece porque a língua, mesmo sendo diferente da nossa, é de fácil compreensão. Enfim, vamos combinar: tem uma culinária riquíssima e tantos atributos, que fica até difícil escolher para onde ir primeiro.

A cultura espanhola é cheia de influências. Tem suas origens em outras culturas, como a ibérica, a celta, celtibera, latina, católica romana e até com a islâmica, vinda com os mouros. É formada por 17 comunidades autônomas, sendo as mais conhecidas: Catalunha, País Basco, Andaluzia e Galícia. Cada uma delas com uma cultura e uma tradição próprias mas, claro, dividindo manifestações culturais de todo um povo.

Então, vamos falar aqui um pouco sobre o que a Espanha tem e por que você não pode deixar de ir um dia!

Sesta (ou siesta, como eles costumam falar)

É um costume da cultura e tradições espanholas, mas pode causar estranheza aos visitantes mais desinformados. Apesar de não acontecer mais em toda a Espanha, muitas cidades ainda levam a siesta a sério. Os estabelecimentos comerciais fecham entre 14h e 17 horas para descansar. Alguns ainda voltam a abrir um pouco mais cedo, às 16 horas. O motivo? O descanso do almoço.

Mas não se preocupe, os locais mais turísticos continuam funcionando normalmente. Assim como farmácias e lojas. Ou, entre de cabeça no costume e aproveite a siesta. Como os restaurantes ficam abertos, pare para um almoço prolongado, aproveite a gastronomia local e um bom vinho espanhol. Depois, volte ao passeio!

Gastronomia

A culinária espanhola tem, como particularidade, elementos mediterrâneos, embora com características próprias. Se utiliza de muitas especiarias, frutos do mar e legumes. A mais conhecida é a paella, feita originalmente por trabalhadores do campo, mas que virou sinônimo da gastronomia do país. O jamón espanhol também merece ser experimentado, principalmente com um bom vinho espanhol, outra especialidade deles. A Espanha produz vinhos reconhecidos internacionalmente.

Dentre as comidas típicas da Espanha que você deve experimentar quando for lá, parte importante da cultura e tradições espanholas, estão:

  • Paella – Um dos mais típicos da gastronomia. O prato é feito sempre com arroz e pode ter frutos do mar ou frango, dependendo da região;
  • Gazpacho – típica sopa do sul do país que tem como base hortaliças, tomate, pepino e pimentão. É servida gelada e é uma ótima pedida nos dias mais quentes;
  • Tortilha de patata – Parece uma variação da nossa omelete, mas com batatas. É bem simples e cada região pode incrementar com outros ingredientes como champignon e pimentão.

Museus e Artes

A cultura é um traço forte na Espanha e sua arte é das mais ricas da Europa. Se sua viagem para lá incluir as cidades de Madrid e Barcelona, duas das maiores do país, não podem faltar na sua lista a visita aos seguintes museus da Espanha para apreciação da arte espanhola, europeia e mundial:

  • Museu del Prado (Madrid): é o mais importante no país e também o mais visitado. Recebe uma média de 3 milhões de turistas por ano. É enorme e passeando por lá você vai se deparar com um dos quadros mais representativos da cultura e tradições espanholas: o Las Meninas, de Velázquez. Mas não só: obras de Goya, El Greco, Caravaggio, dentre outros, podem ser conferidos em uma visita;
  • Museu Rainha Sofia (Madrid): sabe o quadro Guernica de Pablo Picasso? Está lá! Entre as maiores obras expostas no museu, estão artistas como Salvador Dalí e Miró;
  • Museu Guggenheim (Bilbao): construído pelo famoso arquiteto Frank Gehry, possui alguma das grandes obras do século XX e exposições contemporâneas;
  • Museu Picasso (Barcelona): Todo dedicado à obra do artista espanhol Pablo Picasso. Atualmente, conta com mais de 4 mil obras de seu acervo, incluindo uma homenagem de Picasso a Velázquez, de quem era fã.

Idioma

Muita gente não sabe que além do Espanhol em muitas partes do país é comum falar outros idiomas que são resultados da combinação histórica e cultural de cada lugar. Por exemplo, em Valência se fala também em valenciano, em Catalunha o Catalão, no País Vasco o Euskera, etc.

Réveillon na Espanha

Receber o novo ano na Espanha é uma festa única da cultura e tradições espanholas e bem diferente das de outros países.

Isso porque à meia noite em ponto todos acompanham as doze badaladas no relógio localizando na “Porta del Sol” em Madrid, representando o ano que esta chegando. Além disso, a cada badalo você deve comer uma uva para cumprir com a tradição.

Festas populares

Outra parte importante da cultura e tradições espanholas: as festas tradicionais e populares. São várias, nos quatro cantos do país, e você pode aproveitar sua ida para participar de alguma delas.

As mais típicas e tradicionais são:

  • Las Farras, em Valência: celebrada durante o mês de março, a festa reúne todos os anos uma competição de esculturas enormes conhecidas como Fallas. Elas são espalhadas por toda a cidade e queimadas no último dia. Durante o período também acontecem desfiles de roupas tradicionais e espetáculos;
  • La Tomatina, em Buñol: você já deve ter visto uma festa onde existe uma batalha de tomates. Pois ela é real e acontece na última semana de agosto na cidade de Buñol. A La Tomatina começa de manhã e dura todo o dia;
  • San Fermin, em Pamplona: também conhecida como o dia em que os touros estão soltos pela cidade. É isso mesmo! A tradicional festa de San Fermin, o padroeiro de Pamplona, a capital de Navarra. Os participantes se vestem de branco com um lenço vermelho no pescoço. E a tradição é sair correndo diante dos touros, que ficam soltos nas ruas estreitas do local;
  • Ano novo em agosto, em Berchules: é isso mesmo que você acabou de ler. A cidade de Berchules, em Granada, faz uma noite de ano novo no primeiro sábado de agosto. A história da festa é boa: em 1994, os habitantes da cidade não puderam celebrar a Nochevieja verdadeira. Por isso, adiaram para agosto e a festa acabou virando tradição, atraindo mais de 10 mil pessoas a cada ano.

E o flamenco!

Na sua ida à Espanha, não deixe de apreciar um bom flamenco! Não só a música: o flamenco é, também, canto e dança. Remonta às culturas cigana e mourisca, com influência árabe e judaica. Pode ser vista principalmente na região da Andaluzia, mas em outras partes da Espanha é possível ver uma apresentação.

É obrigatório ter seguro para entrar na Espanha?

Com tudo isso, você já tem motivos suficientes para conhecer a cultura e tradições espanholas pessoalmente, certo? Caso decida que a Espanha é o seu próximo destino, saiba que é obrigatório ter um seguro viagem para entrar no país.

Por causa do Tratado de Schengen, é preciso ter um seguro de, no mínimo, 30 mil euros para entrar nos países da União Europeia.

Nossa sugestão é que você faça uma cotação no nosso comparador de seguro viagem.

Fonte: https://www.eurodicas.com.br/cultura-e-tradicoes-espanholas/