Curiosidades

Dez motivos para morar em Atenas

1 – Clima

A Grécia é de fato um país abençoado pelo clima que possui. A única coisa que eu mudaria seria adicionar uma pitada de umidade no ar, já que às vezes torna-se muito seco, o que causa algumas irritações. Fora isso, as estações são muito bem definidas e não chegam a grandes extremos. É claro que no norte o frio é um pouco maior durante o inverno, e também em locais montanhosos. Em Atenas, o inverno dificilmente apresenta temperatura abaixo de zero, normalmente fica entre 10 e 20 graus até abril, maio, e depois começa a subir. Neve no máximo umas 3 vezes por inverno, e mesmo assim normalmente não acumula no chão. No verão pode chegar a fazer mais de 35 graus, principalmente durante julho e agosto. Minhas estações favoritas são primavera e outono, ambas com temperaturas bem agradáveis, apesar de que no outono chove um pouco mais. Ainda assim, chove muito pouco em Atenas (no verão costumamos passar 3 meses de sol intenso).

2 – Ilhas

Quem nunca sonhou em visitar as famosas ilhas gregas? Ou passar a lua de mel por aqui? De fato, as ilhas são um dos motivos mais incríveis de se morar nesse país. E Atenas tem a vantagem de possuir os maiores portos e distâncias pequenas para boa parte desses paraísos. É bem curioso conversar sobre viagens com os gregos, muitos deles não conhecem nem países vizinhos, no entanto, a cada verão, viajam para duas ou três ilhas diferentes e adoram conversar sobre o que cada uma delas apresenta de melhor, e compará-las. Em três anos pude conhecer alguns desses lugares encantadores, e a cada ano a escolha torna-se mais difícil, pois quanto mais você ouve falar, mais quer conhecer.

3 – Segurança

Ok, a Grécia não é nenhuma Dinamarca, e organização não é a palavra favorita dos gregos. Mas uma coisa é bem respeitada aqui, o espaço e a liberdade do outro. Furtos acontecem, como em qualquer canto da Europa, mas aqui ainda podemos caminhar na rua de madrugada sem nos preocupar se vamos voltar inteiros para casa. Atenas, por ser uma cidade grande e com mais de três milhões de habitantes, pode não ser o melhor exemplo de segurança no país, ainda assim é muito raro ouvir falar de assassinatos ou violência, em geral, contra as pessoas na rua.

4 – Comida

Imperdível! Só com essa palavra dá para se ter uma ideia do que é a culinária grega. De três anos para cá ganhei uns quilinhos a mais, coisa que com 20 e poucos anos não conseguia de jeito nenhum, independente de onde estivesse morando. Mas não reclamo, a comida é deliciosa e a variedade é grande. Em Atenas, além das milhares de tavernas tipicamente gregas, pode-se encontrar restaurantes mexicanos, árabes, japoneses, chineses, italianos, iranianos, russos e por aí vai. Da comida grega, destaque para o azeite de oliva, a azeitona, o queijo feta, e o famoso suvlak (o acarajé grego, como eu costumo comparar como boa baiana que sou).

5 – Vida noturna

Novamente aqui o clima ajuda bastante. Não tem inverno que faça o grego ficar em casa em vez de curtir a noite. Seja para um jantar (normalmente depois das 9 da noite) ou drinques em algum bar, ou uma baladinha; a noite grega é muito animada. Atenas tem diferentes bairros que concentram baladas para todos os gostos, e o melhor, para entrar, normalmente é de graça. Só se paga o que é consumido. Para as baladas típicas gregas, festas chamadas “buzukia”, paga-se um valor mais alto pela entrada, mas que inclui comes e bebes. E a noite vai longe aqui, só volta pra casa antes das três da manhã quem quer.

6 – Povo próximo ao brasileiro

Os gregos são bem diferentes do típico padrão europeu do norte. Além de serem mediterrâneos, eles se misturaram bastante com turcos, e essa salada deu origem a um povo, em geral, alegre e festivo. Adoram se reunir para comer e conversar, podem passar horas sentados à mesa após uma refeição. Adoram música e artes. A única coisa de que sinto falta na alegria do povo grego é dançar como os brasileiros dançam. Fora as típicas danças locais, eles não são muito de mexer o esqueleto.

7 – Vida pacata

Mesmo sendo a capital do país, Atenas tem um ar de cidade pequena. Apesar do grande movimento e vida noturna mais agitada do que em outras capitais europeias, é fácil encontrar bairros fora do centro com ares de vila e interior. O fato de grande parte da população ser mais velha contribui bastante para isso.

8 – Preços e delicadezas

A Grécia não é um país barato, mas comparando com outros da Europa o custo de vida é interessante. Você consegue comprar uma garrafa de água aqui com menos de 50 centavos de Euro. E fazer uma boa refeição gastando entre 5 e 10 euros. Além disso, nos restaurantes é muito comum oferecerem água de graça e muitas vezes sobremesa. Aluguéis também são em conta em relação a capitais como Paris, e mesmo cidades do Brasil, como São Paulo e Rio e, no geral, não há grandes diferenças sociais. Conheço, por exemplo, uma pessoa que trabalha como camareira em hotel e que mora em um apartamento muito bom em área considerada nobre da cidade.

9 – Cafés

Atenas tem cafés em cada esquina da cidade. E é hábito dos gregos saírem para tomar café e bater papo a qualquer momento do dia. O happy hour deles, inclusive, é à base de café muito mais do que de cerveja. OK, para mim que não tomo café isso pode não ser lá uma vantagem, mas a maioria dos brasileiros certamente aproveitaria bastante desse hábito.

10 – Cultura/História

Quem não sabe que a Grécia é um dos países mais ricos histórica e culturalmente e que muito do que herdamos da civilização ocidental vem daqui? Até mesmo palavras do nosso português têm origem no idioma grego, e são muitas! É incrível passear por Atenas e visitar as ruínas e monumentos deixados, e em qualquer lugar que se visite no país certamente você encontra um pedacinho dessa história.

Fonte: https://www.brasileiraspelomundo.com/dez-motivos-para-morar-em-atenas-201727512